Nesta semana, um ex-agente da CIA, Robert David Steele, convidado no programa de rádio americano ‘Alex Jones’, afirmou que existe uma colônia em Marte formada por crianças que foram seqüestradas há 20 anos. O assunto virou um dos mais comentados nos EUA e fez com que a NASA tivesse que se manifestar.

“Isso pode afetar seus ouvintes como uma saída, mas nós realmente acreditamos que há uma colônia em Marte que é povoada por crianças que foram seqüestradas e enviadas para o espaço em um passeio de 20 anos, de modo que, uma vez que eles chegaram a Marte, eles têm alternativa a não ser se tornarem escravos da colônia “.

 

criancasemmarte

 

Após inúmeras especulações, um porta-voz da NASA disse ao jornal Daily Beast que, embora existam aeronaves não tripuladas na superfície do planeta vermelho, não existem humanos habitando o mesmo.

Para botar mais fogo nesta história, o apresentador da rádio não defendeu o seu entrevistado, mas deixou a dúvida no ar ao afirmar que 90 por cento das missões da NASA são secretas, e disse que escutado de engenheiros de alto nível na agência você não tem idéia, há tantas coisas acontecendo “.

“Nós vemos um monte de problemas mecânicos em Marte. Claramente, a NASA não nos quer olhando para o que está acontecendo. Sempre que as sondas passam, eles as desligam. “, disse Steele.

Mas o porta-voz da NASA, Guy Webster, disse que a afirmação está incorreta.

“Não há humanos em Marte”, disse Webster ao Daily Beast. “Existem rovers ativos em Marte. Houve um rumor na semana passada que não havia. Tem. Mas não há humanos “.

De acordo com a NASA, o dispositivo alcançou Marte em 1971, quando Marte 3 pousou no planeta com sucesso. Desde então, várias outras sondas foram enviadas para coletar dados no planeta, mais notavelmente como parte da missão popular Mars Pathfinder da NASA. Mas, embora muitos filmes populares tenham representado seres humanos explorando Marte pessoalmente, a NASA e outras autoridades sustentam que isso nunca aconteceu.

Jones é conhecido por divulgar  teorias pouco ortodoxas em seu programa de rádio. Em 2013, ele disse que a Força Aérea americana havia implantado uma “arma climática” para criar inundações no Texas e insinuou, dois anos depois, que o governo está “colocando produtos químicos na água que deixam os sapos gays. E você, o que acha?